sábado, março 11, 2017

*DIA INTERNACIONAL DA MULHER



*Dia Internacional da Mulher
            08 de março 

D - Diva é sempre teu nome
I-   Infinitamente Mulher
A - Amor que faz aquiescer.

I-  Imagem nunca esquecida
N - Nas horas que o dia rompe
T - Tamanho é teu poder
E - Embalas, nos teus braços
R - Riso envolto de lágrimas
N - Nada detém teu amor
A - Aconchegando o filho
C - Criança carente na dor
I -  Imola-se em teu regaço
O-  Orando ao Criador
N-  Não deixe nunca Senhor
A -  A vida romper os laços
L -  Livra-me desse embaraço.

D - Dom da vida, gera vida
A - Aqui no planeta terra

M - Mas onde você estiver
U - Única, em força materna
L - Literalmente és feminina
H - Hoje parecendo eterna
E - É você sublime mulher

R - Rochedo é a tua sina.

Sonia Nogueira

domingo, fevereiro 19, 2017

*0LHOS INFANTIS




*Olhos Infantis 


Ao ver-te assim tão triste e solitária,
de olhar sombrio inda que haja sol,
vi na tua imagem descalça, sem sandália,
buscando a luz ofusca de um farol.

A tristeza rondava cabisbaixa
na hora que a luz do sol dormia,
teus olhos castanhos em tom de queixa,
rezava com o ângelus a Ave Maria.

Pobre criança que veio sem pedir
será da vida musa  sem orquestra,
e da agonia silêncio que liberta.

O mudo é bom, mas cria com maldade,
alerta na defesa e guarda a lealdade,
nos olhos infantis  mira o porvir.

Sonia Nogueira

quarta-feira, julho 06, 2016

ORAÇÃO DE JESUS



Tela minha

 *Oração de Jesus

Meu Deus pai, e Senhor da humanidade
Criador do céu, vegetação,  terra  e mar,
Dai-me sabedoria e minha voz brade
Aos cantos da terra para ensinar o verbo amar.


Que as minhas ovelhas nunca se percam
Por caminhos entre inseguros espinhos
A voz do meu comando siga imune
Das más ações que as movem por caminhos

Tortuosos, liberdade sem controle,
 Maldade, desrespeito ao próximo, ali
Partilhando o mesmo sol, e  ar daqui.

Dá-nos coragem, fé em Ti,  paciência,
Para que o mundo na pereça assim,
De joelhos rogamos por clemência.

Sonia Nogueira

*PASÁRGADA



*Pasárgada
Vou-me embora pra Pasárgada
“Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amiga do rei”
Posso entrar na sala vip, 
Escrever todas as letras

Da forma que eu criei,

Escolher amigos sinceros

Sem desconfiança, eu sei.

“Vou-me embora pra Pasárgada”
Quem é amiga do rei
Tem os palcos abertos,
Pisa em tapete vermelho,
Desfila no carro aberto,
Não aplaude sem motivo,
Usa a voz sem hora e vez.
Lá sou rainha sem rei,
Poso abrir todas as portas,
Não há muro, nem grade,
Ser honesta sem ter lei,
Recitar os meus poemas,
Caminhar ao por do sol,
Amar da forma que sei.
“Vou-me embora pra Pasárgada”
Lá são todos iguais,
Não precisa ter um banco,
Nem palácios, nem chefões,
Bastam amigos verdadeiros,
Ter sorriso, abraço, eu sei,
Só quem é amiga do rei.

 Sonia Nogueira

sábado, junho 04, 2016

*DIA DOS NAMORADOS



Tela de Sonia Nogueira


*Dia dos Namorados
12 de junho

Hoje te venero mais que nunca,
Embalde teu sorriso foi embora,
O azul permaneça na aurora,
Sem secar o rio que inunda.

Hoje? Há, hoje é riso desbravando,
Ultrapassando pontes até ti,
De tanto te querer eu até ri,
Dos sonhos, e corria navegando...

Na busca da palavra, e no poema,
Criei para esta data corriqueira,
A palavra sutil e verdadeira,

Que as horas escondem em surdina,
No querer oculto, olhar menina,
Amo-te na evidência do teorema.

Feliz dia a todos os namorados


Sonia Nogueira

domingo, maio 08, 2016

*Á MINHA MÃE



*À Minha Mãe 

Todo dia a mesma saudade viva
Dos anos que os anos não apagam
Da mãe que fez da luz cada vida
Gratidão terna que os anos propagam.

Vejo-te noutras mães de bondade
Aquelas que o afago é constante
Orgulho da cria, e na saudade,
Contemplação, a cada olhar rasante.

Cada lembrança que a mente pousa
Recolhe-se no obscuro pensar
Guarda no deserto que repousa
Pra não apagar da lembrança o olhar.

Da foto desbotada sina e tempo
A alma desolada em são momento
Arquiva dor suave presa ao vento
Trazendo na angústia dor, tormento.

Sou órfã nas horas de saudade
Nas horas de carência sou poesia
Sou triste, nas horas de bondade,

Lembro da mãe que se foi um dia.

Sonia Nogueira

sexta-feira, março 25, 2016

DIA NACIONAL DA POESIA




*Dia Nacional da Poesia
14 de março 

Estou aqui despida da palavra
Descobrindo a alma, olhares risonhos,
Abrindo as portas, retirando a trava,
Sou poesia compartilhando sonhos.

Quisera ter a força dos atalhos,
Arrancar a angústia dos solitários,
Juntar pedaços na colcha de retalhos,
Proibir os adeuses unir solidários.

Gritar bem alto, eclodir meu eco,
Fazer da lei um poema decreto,
Mas nunca registrado em livreco,
Nem aboná-lo em descaso, abjeto.

Aos poetas deste recanto de encanto,
Quer sejam líricos ou modernistas,
Meu saudar e para cada canto
Seja a explosão do campo ativista.

Que escrevamos a vida, a saudade,
Amor, alegria, a tristeza, o exotismo,
O sertão, a cidade, o luar, a liberdade
Façamos todos, da poesia o lirismo.


Aos poetas que cantam o amor,
Meu saudar neste recanto e graça,
Que a vida seja glória e louvor,
A inspiração com vinho e taça.

Ao meu poeta que canta o amor
Meu saudar no teu recanto silêncio,
Saudades aqui no sigilo abrasador,
Que roga ao criador saúde em milênio 

A ti poeta que canta o amor diário
Faz dos teus versos uma sinfonia
Que haja muitos dias no calendário
Meu abraço ao poeta que irradia. 


terça-feira, março 08, 2016

*DIA INTERNACIONAL DA MULHER


*Dia Internacional da Mulher
08 de março

Quando em ti vejo mulher
A mãe rezando em um altar
Lembro a mãe santa de Jesus
A contemplar, seu filho, a chorar.

Uma roga pela saúde  do filho
Que a divina providência cure,
A outra pela cruz que fez a dor
Ambas que o sofrimento não dure.

São duas mães e a mesma lágrima
E sentem a mesma amargura
No mesmo ventre que a vida gera
Com a mesma emoção e ternura.

Que força suprema recebe a mulher
Para  missão de o mundo povoar,
Educar e  proteger, doar o amor,
Ensinar a fé dá exemplo, abençoar...

O mundo cresceu, a mulher subiu,
Fez da profissão sua liberdade
E na dupla jornada nunca recuou
De ser a mulher-mãe dualidade.

Todos os dias é dia de mulher
Mas hoje neste dia  especial 
O  grito da igualdade ecoou
A mulher conquistou seu pedestal.


Parabéns benditas mulheres!